terça-feira, 16 de outubro de 2018


Anotações  Históricas e Culturais/ *WRA

·       

                Na Idade Media (Sec. X e Sec. XII) – nasceu o termo ‘Intelectual’.
·        Filosofia (a partir de Pitágoras) e transmissão de Conhecimento/ com o ensinar valores universais;
·        A Auto Cultura é aquilo que prepara o Ser Humano (habilita o Ser...); o modelo de transmissão de Conhecimento é para milhões de Pessoas – de Pessoa para outras... (Ex. o repartir de um Pão p/ todos...)
·        Transmissão de Conhecimento pressupõe a preparação do Indivíduo/ estrutura cognitiva (ideia do todo...); é Conhecimento de tudo, não se pode fracionar... Os que dizem que não é assim, não conseguem transmitir Conhecimento...
·         A Transmissão de conhecimento não dever ser uma replica de Conteúdos... (o não acompanhar o mestre/ ter sim próprias elevações...) (o Líder é só o coordenador/ o moderador) O discípulo não deve ser uma copia do Mestre...
·        Transmissão de Valores da realidade Humana deverá abarcar o campo de Conhecimento transportáveis em gerações -  e esta a cima de Época/ a cima de  Tempo...  O que é Útil: Língua/ Religião / Auto Cultura ( as outras coisas  vem depois...)
·         Sobre a Tradição de um Povo – o seu próprio sentido de Identidade// A Identidade  - é uma verdade que pode ficar esquecida... Uma Nação sem História e uma Nação sem Identidade. Não somos os donos da nossa Civilização, mas sim os seus curadores. As nossas ações afetam a Vida dos que nascem. Lembrem-se, as coisas boas são facilmente destruídas, mas não são facilmente criadas.
           As Tradições são as respostas a questões duradouras. Aquele que rejeita o Passado também está a rejeitar o Futuro porque está a ignorar as Fundações sobre as quais a nossa Civilização foi construída.
           Cabe a cada um de nós: Defender a Beleza, a Tradição, o Patrimônio, a Organização, a Causa e a Arte, os legados Culturais; eis o Processo Civilizatório geração afora...

  Pesquisas e Anotações de * Wilson Rodrigues de Andrade – Promotor Cultural.../ Agosto de 2017.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

10 de Outubro - Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher.

      A Data foi escolhida para celebrar esta data porque foi em 10 de outubro de 1980 que um movimento de mulheres se reuniu nas escadarias do Teatro Municipal, em São Paulo, para iniciar um protesto contra o aumento de crimes de gênero no Brasil (hoje conhecidos como feminicídio, quando uma mulher é morta apenas por ser mulher), quando o movimento de mulheres ganhava as ruas e praças para denunciar o aumento dos crimes contra as mulheres em todo o país no enfrentamento à violência. O Dia Nacional Contra a Violência à Mulher é importante para que se deixe em pauta sempre como a mulher ainda é alvo constante de violência (seja de ordem sexual, verbal ou física) de forma incessante no Brasil. Este dia serve para que se possa conscientizar a população acerca destes números assustadores de agressões, bem como para buscar novas políticas que ajudem a acabar com a violência contra a Mulher.

               Caracteriza-se como violência contra a Mulher “qualquer ato ou conduta que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto na esfera pública quanto na privada, é considerado violência." Para punir agressores, a Lei Maria da Penha traz a criminalização da violência contra a mulher desde 2006, prevendo responsabilização dos agressores, que normalmente estão inseridos no ambiente familiar. A Lei 11.340 de 2006, que é considerada um marco no combate à violência doméstica e familiar contra mulher. E a partir da existência dessa lei elas conseguiram coragem para vencer a violência. Você não está sozinha. Denuncie ligando para o 180.

Fontes: http://radios.ebc.com.br/viva-maria/edicao/2016-10/hoje-e-o-dia-nacional-de-luta-contra-a-violencia-a-mulher E https://www.calendariobr.com.br/dia-nacional-de-luta-contra-a-violencia-a-mulher#.W73TbGjMO00

Créditos da imagem: http://www.agentesdesaude.com.br/2014/10/10-de-outubro-dia-nacional-de-luta.htm

11 - Outubro/ De Publicado em 11/10/2017.COMPAZ/FC.


       Para lembrar o Dia Internacional das Meninas, observado neste, 11 de Outubro de 2017, o Fundo das Nações Unidas para a Infância /UNICEF - lançou a iniciativa “Liberdade para as Meninas”, projeto de conscientização online que recebeu o apoio da cantora Beyoncé Knowles. O vídeo da campanha mostra jovens de diferentes partes do mundo dançando ao som de “Freedom”, hit da artista norte-americana. Produção explica como as desigualdades de gênero afetam tragicamente a vida das crianças. Segundo dados da Agência da ONU, a cada cinco minutos, uma menina morre vítima de violência. Uma em cada quatro se casa ainda durante a infância.  Das vítimas de tráfico humano, 71% são mulheres. Cerca de 63 milhões de jovens já foram submetidas à mutilação genital feminina. As disparidades também afetam a saúde e a educação das mulheres. Atualmente, existem 130 milhões de meninas fora da Escola. Em média, as meninas também têm duas vezes mais chances de contrair HIV.
       Para o UNICEF, ser menina é lutar diariamente pela liberdade. Com a campanha, o organismo internacional convoca usuários das redes sociais a definir o que eles acham que é “liberdade para as meninas”. Para participar, use a hashtag em inglês,

#FreedomForGirls.
A Agência da ONU também chama Países, Comunidades e indivíduos a trabalharem juntos para cumprir os Objetivos Globais da ONU, um conjunto ambicioso de metas que prevê a erradicação de todas as formas de violência de gênero até 2030. O plano inclui ainda a promoção da educação de qualidade, do bem-estar e da segurança para todos, em qualquer parte do mundo, bem como o fim da epidemia de AIDS como problema de saúde pública.
Acesse o site da campanha e conheça outras iniciativas para a promoção dos direitos das meninas: http://www.globalgoals.org/dayofthegirl.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018


Diante do Caminho... COMPAZ/FC.


 ... A Vida e a prática dos envolvidos no Movimento Pacifista – é a Ação, é ser útil e produtivo ao próximo!
     A Humanidade! Aos olhos do espírito, pequenas coisas que tem importância! Você recebe e dá! Fazer é Compreender! E, Você pode fazer qualquer coisa quando assume o desafio para isso. E, de Coração.
        Naturalmente Nós cometemos erros. É assim que aprendemos! Estamos todos em permanente treinamento. A Vida pode ser difícil. Sempre haverá Oportunidade!
       A Luz nos incomoda. Recorremos à Espiritualidade e pedimos ajuda quando alicerces tremem... Devemos nos orientar por aquilo que existe de melhor dentro de Nós! A qualquer momento podemos nos perguntar – ‘o quê o meu Eu superior faria?...’ E, saberemos o Caminho a seguir.   Devemos conferir em Nós mesmo! Confira no Processo – que é a nossa Existência. Você e Eu somos Seres Espirituais por entre Veredas do bom Êxito e Resultado feliz na vontade de realização principiada – no que queremos fazer!
           Dizem que existe uma Viagem, mas são muitos os Caminhos. Desejamos Êxito em nossos Caminhos, na Viagem sem distâncias que poderemos realizar juntos!

         
Diante do Caminho... Nós do Comitê pela PAZ / COMPAZ – Desde 17 de Agosto de 1985, nos predispomos no Apoio e Fomento à criação de condições pela Ação/Cidadã na Comunidade sócio - artístico - cultural; na Preservação Ambiental e na Promoção dos Direitos, com o arregimentar Parceiros Comprometidos com a Causa Pacifista - Cultural em nossa Região/Alvo – o Centro Sul-Fluminense, Vale do Paraíba do Sul e seu entorno no Caminho pela Cultura de PAZ entre os Povos. De: Wilson Rodrigues de Andrade/ 2016 – Folha Cultural/FC.

                                                                 
                                            COMPAZ - Preserve conosco essa Ideia Cultural!

Anotações  Históricas e Culturais/ *WRA ·                         Na Idade Media (Sec. X e Sec. XII) – nasceu o termo ‘Intelectual...